treinamento-porto-alegre-curitiba

Hoje em dia, a produtividade é superavaliada. Vemos muitos líderes com excelente raciocínio lógico, capacidade analítica e executores que entregam. Isto é ótimo. Por outro lado, estão tão imersos na execução de atividades, cheios de deadlines para cumprir e apagando incêndios, que não conseguem pensar para onde a sua área deve rumar, muito menos como farão para chegar até lá. No médio e longo prazo, essa situação é catastrófica para o líder, sua equipe e negócio.

Neste contexto onde os líderes ainda despendem muito tempo executando e pouco – se nada – pensando no direcionamento, é preciso aprender quando suspender as ações e atentar para o que é importante.

Para realizar essa mudança, é preciso bloquear espaços na agenda e seguir as seguintes dicas:

Remova os obstáculos: um dos maiores obstáculos para os líderes é tentar fazer tudo sozinho. É preciso aprender a dizer “não” para as tarefas administrativas e reuniões desnecessárias. Além disso, desenvolva a capacidade de delegar atividades aos seus liderados.

Tenha minutos Zen: ansiedade, desconforto e pressão são problemas comuns entre os líderes. Dedique 1 minuto para fechar os olhos, inspirar e expirar profundamente para livrar-se das distrações internas e externas. Com a prática, você terá o foco no presente, o que facilitará para resolver problemas de forma mais criativa, além de aprender mais rapidamente e obter maior flexibilidade para lidar com os desafios (confira a pesquisa de Ellen Langer da Harvard).

Incuba suas ideias: Muitos líderes não conseguem ter novas ideias, pois estão imersos apagando incêndio do dia a adia. Pense na última vez que você teve uma grande ideia. Veio quando você estava sob pressão? O mais provável é que tenha acontecido quando você deu tempo para seus pensamentos amadurecerem. Registre seus pensamentos e desafios, deixando o seu subconsciente trabalhar.

Clarifique a sua mensagem: Metade do caminho para o pensamento estratégico está em transmitir, de forma clara, a sua visão para você, e depois para a sua equipe. A visão não precisa ser grande ou revolucionária, apenas atraente o suficiente para alinhar a atenção e energia de sua equipe.

Reflita e ajuste: Além de ser clara, a estratégia deve ser eficaz. Se a sua estratégia não estiver produzindo os resultados esperados, não tenha medo de mudar de rumo. Crie o hábito de analisar as métricas e informações para avaliar se a estratégia continua funcionando.

Manter-se focado no que é importante para sua área, equipe e negócio não é uma tarefa fácil durante o dia a dia. Se você tiver em mente que, periodicamente, deve mudar o foco de execução para o pensamento estratégico e seguir as 5 regras, você estará no caminho certo.

Tagged with →  
Share →